top of page
2Faixa slide mod.tamanho.fw.png

Cordel para os surdos e os leitores ouvintes


O que é cordel? Paulo Nunes Batista define da seguinte maneira: “Ele é a poesia popular não erudita, não sofisticada, não da elite. É poesia do povo, feita em folhetos baratos, humildes. Essa poesia do povo transmite de geração para geração os conhecimentos, as lutas como a do camponês sem terra.” (Entrevista, NUNES; HENRIQUE, 2007). Também pode ser do povo surdo, transmitindo de geração para geração os conhecimentos surdos e as lutas como a do surdo sem comunicação com a sociedade ouvinte que não reconheça a língua de sinais. O cordel não é apenas o texto falado e/ou escrito, mas representa um todo: a dança, as fantasias e os elementos visuais, especialmente as imagens de xilogravura. Para o povo surdo, as histórias visuais contam a experiência visual.


Nesta história em quadrinhos, Klícia Campos e Beto Potyguara criaram um cordel para os surdos e os leitores ouvintes. Transmitindo para uma nova geração os prazeres de participar do gênero Cordel, a triste experiência comum de ser excluído das atividades da comunidade ouvinte e a felicidade que segue quando os ouvintes (com a ajuda dos animais mágicos e de uma estrela que caia do céu) aprendem Libras e o Cordel passa a ser compartilhado com os surdos. A narrativa se desenvolve sem palavras, lamentavelmente com a Kika sendo excluída, sorrindo quando os animais dançam na roda, dá palmas ao passarinho que incentiva o cordelista a aprender Libras e celebra a alegria de compartilhar o Cordel com o povo surdo.


Aproveitem!

(Prefácil do livro)


Para baixar o ebook basta clicar no link abaixo


kika e a estrela encantada
.pdf
Fazer download de PDF • 9.70MB





62 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page