museum-307833_1280.png

Institucional

A Plataforma  Digital é um projeto de extensão  criado e aprovado em 2019, através do Edital  nº1/2019 Paex/UEMG, coordenado pela Professora Dra Carla Maria Nogueira de Carvalho. Sua gênese se deu no Núcleo de Apoio à Inclusão (NAI) da Faculdade de Educação (FaE) da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), por docentes que faziam parte tanto do NAI  como do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas Educacionais (NEPPPE), a partir do desejo latente de contribuir para a concretização do direito de todos à educação, sem exclusões, discriminações e preconceitos.

Estamos em seu terceiro ano de funcionamento e a Plataforma agrega  hoje docentes e acadêmicos colaboradores da Universidade do Estado de Minas Gerais, docentes da Educação Básica e Superior de outras instituições, além de profissionais liberais, ampliando, assim,  seu espaço de discussão e atuação. Portanto, somos hoje 11 membros localizados em três estados diferentes: Minas Gerais, São Paulo e Goiás.

O cerne da  proposta de construção do projeto vai ao encontro das demandas vividas pelas instituições educacionais da Educação Superior e da Educação Básica que mediante a legislação atual pressupõe o acesso, permanência e sucesso escolar dos alunos do público-alvo da Educação  Especial  (pessoas  com  deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação).

 

Neste contexto, observa-se que há um aumento  da  demanda  de  alunos  com  deficiência  nas instituições escolares  e  a necessidade  de implementação de ações,  tais  como  disponibilização  de serviços, dos recursos pedagógicos e de acessibilidade e das estratégias que promovam  a  participação  destes  estudantes  na  vida  acadêmica, ou seja , a inclusão.

Objetivos

Fomentar a formação docente para a Educação Especial no Ensino Superior e na Educação Básica;

Dialogar com o corpo docente e demais interessados a favor do  desenvolvimento de uma prática pedagógica inclusiva, contribuindo para o atendimento das especificidades do alunado da Educação Especial na escola regular; 

Promover oficinas e/ou minicursos on-line, com o objetivo de orientar sobre os recursos pedagógicos e de acessibilidade utilizados pelos alunos público-alvo da Educação Especial;

Potencializar discussões e ações sobre a Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva.

Público-Alvo

Como público alvo direto: os docentes da UEMG e da educação básica e superior do Estado de Minas Gerais;

Como público alvo indireto: todos os docentes, acadêmicos das licenciaturas e/ou áreas afins, bem como pais ou demais profissionais que tenham interesse pela temática em questão.

Parceria

O projeto possui parceria coma AMPIC (Associação Mineira de Pesquisa e Iniciação científica) .Trata-se de uma entidade científica que atua sem fins lucrativos e tem por finalidade central oferecer suporte e orientação a educadores e educandos em Minas Gerais, envolvidos com a iniciação científica e tecnológica.