top of page
2Faixa slide mod.tamanho.fw.png

Guia de orientações básicas para a inclusão de pessoas com deficiência

Conhecer e responder às necessidades das pessoas com deficiência é uma atitude cidadã.

Comissão de Acessibilidade do Senado Federal


As diferenças entre pessoas não se limitam unicamente às características individuais, inerentes do ser humano: étnicas, psicológicas e sociais, que não exigem mudanças ou transformações para o convívio social. Incluem também as diferenças pessoais resultantes de deficiências: mental, física, auditiva, visual, entre outras, que, pelas características mais marcantes, em relação a um modelo ideal, motivam sentimentos e reações de abandono, discriminação e exclusão, pela omissão e/ou negação de direitos.


A exclusão pela diferença ou pelo distanciamento do padrão ideal reflete uma concepção de sociedade mecânica, que funciona e age sob a égide das semelhanças, que identifica características e atributos de classes e categorias para classificar e situar as pessoas diferentes.


As pessoas com deficiência, historicamente, foram avaliadas sobre suas potencialidades e possibilidades de inclusão e participação produtiva na sociedade, a partir de indicadores padronizados. Assim, sofrem os efeitos da diferença, muito mais pelos estigmas que as colocam na condição de incapazes, do que pelos limites da própria deficiência. Como conseqüência, compartilham entre si uma história de exclusão social, marcada pela assimilação dos estigmas que lhes foram atribuídos.


Hoje, um novo olhar e uma nova interpretação sobre as diferenças, calcado em princípios de equidade, respeito e cidadania, constrói novos significados sobre as especificidades das pessoas com deficiência, para além das manifestações externas, valorizando, sobretudo, o seu potencial interno enquanto sujeito.


A presente publicação objetiva prestar informações básicas de como se relacionar com as pessoas com deficiência, respeitando a individualidade e atendendo as suas necessidades elementares. Traz orientações simples e práticas para o convívio com as pessoas com deficiência e para sua inclusão nos mais diversos segmentos sociais.


Membros da Comissão de Acessibilidade do Senado Federal


Guia de orientações básicas para a inclusão de pessoas com deficiência
.pdf
Download PDF • 2.82MB




Referências


BPARANÁ, Pessoa com Deficiência: Integrar é o Primeiro Passo. Secretaria de Educação – SEED/Departamento de Educação Especial – DEE/PR, 1998.


PARÁ, Ir e vir com Segurança. Movimento Nacional de Educação no Trânsito – MONATRAN, julho de 2003.


MARINGÁ, Manual de Inclusão Social: Saiba como se comportar diante de uma pessoa que... . Centro de Vida Independente – CVI.


BRASÍLIA, Ir e Vir Direitos de Todos. Movimento Nacional de Educação no Trânsito – MONATRAN, junho de 2005.



留言


bottom of page